• APOINME OFICIAL

CURSO POTYRÕ – SABERES E LUTAS COLETIVAS



(no âmbito do Projeto “Fortalecimento dos Povos e Territórios Indígenas”)

Na última segunda-feira (30), lideranças e jovens indígenas da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo – APOINME participaram da bonita festa em que se transformou a aula de encerramento da primeira edição do Curso Potyrõ – Saberes e Lutas Coletivas. Ofertado como parte de um processo de formação continuada a uma turma de 26 jovens de todas as Microrregiões da Organização, dentre outros cursistas, teve sua aula inaugural em 15 de setembro.

O curso foi uma ação do Projeto “Fortalecimento dos Povos e Territórios Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo”, implementado desde novembro de 2019 pela APOINME com apoio da Embaixada Real da Noruega.

Além de temas referentes a direitos indígenas, abordados no Módulo I, os cursistas puderam acessar conteúdos, refletindo, debatendo e exercitando, temas voltados à gestão de organizações e projetos, assunto dedicado pelo Módulo II.

Além do apoio fundamental da Embaixada da Noruega, o Potyrõ, realizado pela APOINME na modalidade de ensino à distância em decorrência do contexto da Pandemia de Covid-19, contou com os parceiros Centro de Trabalho Indigenista – CTI e Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE, e foi produzido pelo Coletivo 105.

Na avaliação da Coordenação da Articulação, “o Curso foi uma iniciativa super importante que conseguimos concluir de forma positiva, pois o curso foi um divisor de águas em tempos tão difíceis”, Dinaman Tuxá ressaltou a importância do curso para disseminação nos territórios indígenas, de políticas públicas, segundo ele “o Potyrõ foi uma forma de dialogar entre jovens, lideranças e coordenadores de uma forma homogênea e palitaria, elevando a interação entre povos”, Paulo Tupiniquin expos sua gratidão ao curso e, agradeceu a todos envolvidos que possibilitou a realização do Potyrõ, segundo ele “ Estou muito feliz com o curso e, por tudo que ele possibilitou a APOINME e a todos que nele se envolveu, desde os cursistas, apoiadores e equipe técnica e, que o próximo seja presencial”.

Os cursistas também concluíram a atividade de bastante satisfeitos, e segundo Alexandre Pankararu, o Potyrõ já está deixando saudades, precisamos dar prosseguimento a esse processo formativo, porque todos nós terminamos o Curso mais fortes e confiantes.

De fato o Potyrõ foi uma iniciativa fantástica realizada pela APOINME, pois além de tudo isso que foi dito, também mesmo ele sendo a distância possibilitou a aproximação de várias gerações de indígenas do Nordeste, Minas Gerais em único espaço, dialogando questões fundamentais para o fortalecimento cultural, social, político e sustentável de seus povos.


1 view0 comments

Recent Posts

See All

Diagramação e Designer do Site @Alexandre Pankararu e @Graci Guarani